sábado, 6 de agosto de 2011

7° Capitulo

 Duas semanas se passam deste o dia em que Inácio tinha deixado Karla viver sua vida em amônia com Piedro , isso era que ele achava . Mas no Brasil não era isso que tava acontecendo .

7° Capitulo

Carlos está no hospital , lembra que tem que avisar á Inácio sobre o estado onde se encontrava sua irmã , que era na bera da morte.
Carlos( com a voz triste) : Alô , Inácio ??
Inácio : Sim é ele.
Carlos (triste) : Inácio você tem que vim para cá , a Karla tá muito mal , os médicos não  2 dias para era, é melhor você vim rápido para cá ela quer muito te ver.
Inácio (Fica triste) : Eu tava mesmo pensando em ir embora, eu vou hoje mesmo no primeiro voo que tiver .
Inácio então se despede de Carlos, como já estava com as malas pronta, desce do seu quarto , vai até a recepção e fecha sua conta , ele sai , com sorte ele encontra um táxi em frete do hotel , vai para o Aeroporto , onde por sorte  encontra uma  vaga para ele. Depois de alguns horas ele chega no Brasil , ele vai direto para o hospital.
Inácio com mala e tudo entra no hospital preocupara procurando Karla, ele encontra Piedro.
Inácio : Cadê ela ,Cadê ??
Piedro : Calma ela tá na UTI , mas vc pode ir vê-lá , ela quer muito ver você.
Inácio entra no quarto triste ao ver sua amada naquele estado diz: Meu amor você vai ficar bem .
Karla (sem animo)  : Meu amor , me perdoa , por o tempo que eu fique longe de você , você é o meu amor é com você que eu devia ficar , o tempo  que eu fiquei com Piedro só fizeram eu ter a mais certeza disso.
Inácio (de pé na frete dela , segura a mão dela , olhando bem para os seu olhos) : Eu também te amo e nunca te esqueci.
Karla (mais fraca): Eu te amo.
Segundos depois ela morre. Inácio Chora gritando Não , os médicos , enfermeiras entram , ele chorando, Piedro , Carlos entram no quarto .
Piedro (triste , tenta acalma-ló) : Calma , ela sempre te amou.
Inácio inconformado , sai correndo do hospital , ele atravessa a rua sem olhar para os lado , uma carro de passei não consegue para , ele é atropelado. Os médicos rapidamente vai socorrer , mais não adiante ele morre.
Os desejo dele era ser cremado e sua cinzas jogada em um campo de flores   e assim foi , os dois foram cremada e sua cinza jogada em um campo de flores. Onde viveram para sempre .










Fim.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

6° Capítulo

Karla volta para casa , onde termina de se recuperar. Onde ela tem uma conversa séria com seu namorado. Ela conta que já sabe que tem uma doença incurável, e resolve ficar com seu ex-namorado.

6°Capitulo

Karla já em sua casa , no seu quarto com Inácio , Carlos e Rosa.
Karla: Nossa , quanta gente para cuidar de mim , desse jeito vou ficar mal acostumada (Risos)
Inácio(senta na cama onde está Karla, pega a mão dela):Meu amor , vamos fazer todas  as suas vontades . Todas.
Carlos (com um sorriso nos lábios ): Mas não é para se acostumar , viu maninha (risos).
Rosa (Feliz): Vou fazer aquela torta de chocolate , que você adora , para comemorar sua volta para casa.
Karla ( Rindo ) : O que é isso quer me engordar!? 
Rosa ( sorrindo ): É para você ficar feliz amiga querida.
Carlos e Rosa saem do quarto.
Rosa e Carlos ( Falam juntos) : Tchau , tchau, Para todos.
Karla e Inácio ficam só , Karla fala que tem algo muito importante para dizer.
Karla ( com uma voz triste): Eu sei que eu tenho uma doença rara   e posso morre a qual momento.
Inácio ( fica surpreso) : Não, não fala isso  , meu amor eu  não vou deixar . Eu te amo .
Karla : Eu tenho que ser  justa com você, eu..... eu ainda gosta do Piedro , não acho justo casar com você pensando nele , o que eu poderia viver do lado dele , no tempo que ainda tenho .
Inácio (triste) : Eu sei , você nunca deixou de gostar dele, eu quero ver você bem feliz , e se você quer ficar com ele , vou deixar você livre para viver seu grande amor.
Inácio sai correndo triste , com o que acaba de acontecer , Carlos vê e pergunta porque ele está assim , ele triste , responde que Karla trocou ele por Piedro  e que não ia ter mais casamento.
1 semanas se passaram , Inácio está  viajando para tentar esquecer tudo o que aconteceu.







terça-feira, 2 de agosto de 2011

5º capitulo

Karla passa mal e tem que ser levada a pressa para o hospital , na onde fica na UTI , até acordar disposta a ir para um quarto .

5º capitulo

Karla acorda quando está descendo os degrau desmaia e rola a escada a baixo .
Carlos( preocupado sai correndo atender ela): Karla , Não se mexa o pai já chamou uma ambulância.
No hospital.........
Carlos (liga para Inácio): Inácio , sou eu , Carlos, Karla passou mal,  ela  desmaiou 
Inácio ( desliga o telefone , pega o seu carro  e vai as presa para o Hospital. Ele chega lá e encontra Carlos ) :Carlos , cadê ela , cadê , ela tá bem ?
Carlos :Como eu já havia dito ela tem uma doença rara , é normal ela passar mal derrepente .
Inácio(apavorado com uma voz de choro ) : Onde ela tá agora ?
Carlos (tentando acalma-lo) : Na UTI , ela vai ser transferida , para um quarto assim que acordar, dependendo como ela acordar , aí você poderá vê-lá . Fique calmo.
Inácio: Tá bem , eu vou ficar aqui cuidando dela, até ela acordar 
Três dias se passam e finalmente Karla acorda bem e é transferida para o quarto.  Inácio é o primeiro á vê-lá.
Inácio (sorridente): Meu amor amanhã você poderá  voltar para casa.
Karla (com um tom baixo um pouco tonta ) : E o nosso casamento ainda tá de pé ??
Inácio : Sim , claro meu amor , eu adiantei em 4 dias , para você se recuperar. (Ele beija ela). Meu amor vou ter que ir embora tomar um banho , trocar de roupa e comer algo, mas eu volto logo.
Karla: Tá meu amor , volte logo.
10 minutos  depois que ele foi embora Piedro chega .
Piedro (bate na porta): Oi , posso entrar ?
Karla: Sim , entra Piedro.
Piedro (entra):Ainda reconhece minha você ?
Karla: Sim, como eu ia esquecer a voz do homem que eu sempre fui apaixonada meu primeiro e grande amor.
Piedro: É não dá, por isso nunca esqueci você .Você sabia que eu e a Mariana terminamos , na verdade eu terminei com ela.
Karla (com um sorriso no lábios ) : Sério, que leg......., que pena , mais porquê?
Piedro: Ela é muito insegura  do nosso amor,e depois de discutir com ela resolvi terminar.
Karla:Nossa.
Piedro: Já vou ter que ir , vou começar a trabalhar hoje com meu pai , na empresa dele.
Karla: Nossa era tudo o que você mais queria.
Piedro: Mas o queria era casar com você , mas você vai ser feliz com ele isso é o que importa .
Karla: Vamos esquecer isso , você não que se atrasar no seu primeiro dia né ?
Piedro: É , Tchau.
Karla: Tchau.






4° Capitulo

Karla: Oi tudo bem ? Ah Mariana tá com você ?
Piedro :Não ,não ela tá na casa dela .
Karla: Vamos sentar (apontando para o banco). Você lembra deste banco?
Piedro: Sim , foi quando nós demos o primeiro beijo. Ainda criança 
Karla: É, foi aqui que escrevemos o nosso nome , mas parece que já se apagou
Piedro: É, foi aqui que juramos amor eterno.
Karla : É, mais tudo isso já passou , não pode voltar né?
Piedro: Só  se você quiser 
Os dois se aproxima e se beijam.
Karla: Não não , eu vou me casar daqui uma semana, vai ser uma cerimonia, simple, você quer ir com sua namorada?
Piedro: Quero ver você , feliz, eu vou ! (contente)
Karla: Então tá, tchau.
Piedro: Tchau
Karla volta para casa pensando no beijo, Piedro também . Piedro está na sua casa deitado na cama.
Piedro: Não tenho que parar de lembrar dela , ela vai casar.
Mariana (Chega) : Quem vai casar ? Meu Fofinho.
Piedro : Karla , daqui a uma semana , ela convidou a gente.
Mariana: Que boba essa Karla, mas eu vou tava querendo ir só para pegar o buque , para nós ser os próximo (risos).
Piedro (rindo) : É, pensou vocÊ tuda de branco , entrando na igreja e eu nervoso no altar .
Mariana (rindo): É, você fica uma graça nervoso 
(risos).
Enquanto isso Karla no seu quarto confusa pensando no beijo . Inácio chega .
Inácio : Oi amor (beijando ela).
Karla: Eu tenho que te contar , algo.
Inácio Preocupado, pensando que ela vai falar algo sobre sua doença
Karla: Eu, eu vi ele o Piedro.
Inácio: Hum... , isso não tem mais nada haver , você nem gosta mais dele ,Não é?
Karla (sem saber como dizer):  É, mais  nós se beijamos.
Inácio (confuso com o que acabou de ouvir): O quê ? Porquê ?
Karla (confusa): Não sei , foi por acaso (Karla chega perto dele , pega o rosto dele ) , Eu te amo meu amor , (beijando ele).
Inácio : Eu sei meu amor , eu sei , (Inácio confuso vai embora dizendo que vai pensar no que acabou de ouvir .